top of page

Intel - Novos chips não poderão mais tocar Blu-ray em 4K




A Intel removeu o suporte a uma tecnologia essencial para a reprodução de discos Blu-ray em resolução 4K a partir de alguns modelos da 11ª geração de chips. Estamos falando do módulo de segurança SGX "Software Guard Extensions", que é necessário para o funcionamento de mídias que exigem o chamado DRM para reproduzir o conteúdo.

O termo DRM, ou Digital Rights Management, faz referência aos recursos de proteção de direitos autorais presentes em algumas mídias. De acordo com a Intel, o suporte à tecnologia SGX possibilitou o surgimento de várias brechas de segurança e vulnerabilidades em PCs. Por conta disso, as CPUs mais recentes da marca não trarão mais esse suporte.


Esse “problema” foi identificado pela primeira vez pela CyberLink, uma empresa conhecida no segmento de softwares para reprodução de vídeos — responsável pelo PowerDVD. Em uma página para sanar dúvida de clientes, a organização argumenta que a remoção do suporte ao SGX e sua distribuição em drivers e atualizações do Windows torna inviável a manutenção da capacidade de reproduzir Blu-ray 4K nos programas desenvolvidos pela companhia. Embora a reprodução de conteúdo em Blu-ray pareça algo quase ultrapassado, há muitas pessoas que ainda gostam de manter mídias físicas para a reprodução de conteúdo. Porém, o maior impacto não deve ser para o consumidor final, mas de grandes indústrias que dependem desse formato para distribuição de suas produções.

E então, o que acharam?




9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page